simple.

sei que por mais textos que escreva não vai mudar nada, mas mesmo assim acho que eles servem para eu mandar tudo cá para fora.
não sei o que se passa comigo, já não sei quem sou eu, já nem me reconheço, já não sou aquela rapariga sorridente e na descontra que era, passei a ser a rapariga que já não tem vontade de sorrir e que o mundo dela desabou-se completamente, que já não há volta a dar. e tudo por amar a pessoa errada, porque para ela ele é demasiado importante para se ir embora assim tão rapidamente mas para ele supostamente ele foi apenas mais uma.
tento de todas as maneiras mudar algo, mas tenho e tive sempre na minha consciência que não iria mudar completamente nada porque, afinal quem é que quer uma pessoa destas, se há mais raparigas pelo mundo fora muito mais bonitas, com muito mais corpo.
tudo o que eu consigo resumir disto é que apaixonei-me por acaso, que não planeei, que vivi momentos inesquecíveis que eu sei que nunca vou esquecer, que sofri e sofro por mais que nunca queira mostrar, que menti várias vezes dizendo que estava bem mas que na verdade eu só me apetecia chorar e desaparecer de uma vez por todas, que o motivo de eu sorrir por vezes foi sempre por ele, que por mais que estivesse em baixo e ele não estivesse comigo era ele na mesma que me levantava para cima, que fiz e faço tudo o que tenha a meu alcance para o ver alguma vez.
porque eu não esqueci, porque eu não me esqueci de nada o que aconteceu entre nós, das vezes que tu dizias para eu não chorar por ti, por todas aquelas mensagens fofinhas que me mandavas e que tu sabias que me punhas sempre um sorriso na cara, por aqueles abraços fortes que dávamos e que eu conseguia esquecer completamente os meus problemas e sentia-me leve e incapaz de me ir abaixo.
eu acho que praticamente nunca te olhava nos olhos porque acho que tinha medo de me apaixonar mais por ti. porque eu tinha noção que te queria a meu lado, que continuasses a ser o rapaz querido que eu conheci e me apaixonei perdidamente. porque eu sabia que desde a primeira vez que te vi, que tu eras especial, mas nunca imaginei que entrasses na minha vida tão facilmente, nem nunca imaginei que este amor nascesse, este amor que eu gostava de me livrar mas não consigo porque tu és único, porque eu nunca te trocaria por ninguém, porque tens demasiada importância, porque me tocaste bem lá no fundo, porque foi um por acaso, porque eu sei que dentro de ti ainda existe aquele rapaz querido que eu gostava outra vez de me cruzar. eu abdiquei de muita coisa por ti, e eu não me arrependo porque se isto não fosse verdadeiro eu já me tinha ido embora à muito tempo. amo-te com milhões de letras ♡

Comentários

  1. O que eu te posso dizer é que com o tempo tudo vai pasdsar. Eu namorei 11 anos, amava-o profundamente e um dia descobri que me traía. Nunca mais me passava a dor...até que foi amenizando, diminuindo e acabou por passar. Depois conheci o meu marido e fiquei a achar que aquela traição foi a melhor coisa da minha vida!

    ResponderEliminar
  2. escreve sempre querida <3

    ResponderEliminar
  3. Olaa, gostaria imenso que passasses pelo meu blog e que desses uma vista de olhos nisto:"http://diaanasantos.blogspot.pt/2012/12/pum.html".
    Fico à espera da tua participação no concurso das frases.
    Desde já obrigada
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. tens dois selos no meu blog ;)

    ResponderEliminar
  5. O tempo ele irá ajudar-te a superar toda esta dor. Saiu a pessoa errada, para entrar a certa. Por mais dificil que seja, sorri, mas acima de tudo, vive. <3

    ResponderEliminar
  6. consegues aceder ao meu blog anjo?

    ResponderEliminar
  7. que texto lindo, já não vinha aqui á imenso tempo :)

    ResponderEliminar
  8. Fogo ve-se mesmo que tu o amas mesmo, mas è esse amor que te faz sofrer. eu percebo isso de amar uma pessoa, termos abdicado de muita coisa por essa pessoa,e sofrer, mas tu consegues, tu vais ser forte e seguir em frente (;

    ResponderEliminar
  9. gostei imenso do teu blogue :)

    ResponderEliminar
  10. Só o coração pode descrever concretamente o que tu sentes e dizes *

    http://bllmaescritadeumcoracaoviajante.blogspot.pt/
    Espero a tua opinião,
    Pensando com Arte.

    ResponderEliminar
  11. adorei o teu blog. Espero que tudo melhor querida. Força!

    sigo :)

    ResponderEliminar
  12. tens imenso jeito para escrever. adorei o blog.
    segui (:

    ResponderEliminar
  13. Bem como eu disse, irei divulgar pela última vez o meu blog, porque este eu vou apagar, obrigada a quem seguir e quem gostar!

    http://thingshavechangedtheychangeallthetime.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

sente e depois exprime ♡

Mensagens populares deste blogue

Saudade que invade..

#1

#2