3.1.16

#2

Ontem perguntaste-me qual era o meu sonho. Eu tenho tantos que nem era capaz de dizer qual seria o mais importante. Felizmente nasci e tenho o dom de sonhar, às vezes até demais, às vezes até de menos. "Tenho em mim todos os sonhos do mundo", e talvez tenha. O formato tão subjetivo da frase faz-me ter vontade de viver, vontade de lutar pela vida e pelo o que sinto que é importante para mim. Acho que isso tem um certo toque de egoísmo, mas quem poderá sonhar os meus sonhos ou fazê-los tornar realidade, sem ser eu? Não gosto de receber as coisas de mão beijada, como se a minha vida tivesse sido fácil até agora. Quero uma aventura, quero um caminho, quero conseguir e ser feliz mas também quero chorar, sofrer para dar o meu melhor e acima de tudo crescer. Tudo isto apenas para dizer que tenho sonhos.
Seria ridículo fazer uma lista dos meus sonhos como costumava fazer quando era uma pré-adolescente com uma extrema vontade de conhecer tudo e experimentar tudo. Ainda quero permanecer no ridículo e fazer a vontade a mim própria não só porque é bom relembrar os meus objetivos mas também para dar-me uma certa força para tentar alcançá-los. Faço também a vontade a ele que me perguntou ontem e eu dei-lhe uma resposta poeril como todas as outras que sei dar quando me sinto atrapalhada e não sei ao certo o que dizer.
Muitos deles são impossíveis mas o louco é aquele que sonha mais.

- Entrar na Universidade
- Arranjar emprego
- Casar-me na igreja
- Ter filhos
- Viajar por todo o mundo
- Curar a minha mãe
- Ir para o céu e conhecer quem nunca conheci e encontrar novamente quem eu perdi durante o meu percurso de vida
- Tornar-me a melhor cozinheira
- Fazer voluntariado
- Ser boa a falar como sou boa a escrever
- Parar de ser insegura que até irrita
- Encontrar o homem dos meus sonhos
- Provar todas as frutas do mundo
- Ser amada
- Todos os pares de calças ficarem bem na minhas pernas
- Nunca me faltar dinheiro
- Ajudar quem mais precisa
- As pessoas que mais amo fossem eternas
- Perdoar
- Olhar para o espelho de vidro e da alma e gostar de mim por completo
- Não ser esquecida
- Fazer a minha pegada no mundo
- Conhecer o Dylan O'Brien
- Ir a um concerto dos The Neighbourhood e da Lana Del Rey
- Aprender a dançar
- Aprender a tocar viola
- Ter um jardim cheio de flores
- Amar quem me ama e deixar de amar quem não me ama
- Ter calma
- Ter uma quinta com os mais variados animais
- Ser veterinária
- Comer um soufflé de camarão
- Continuar a existir o Rei das Bifanas
- Ser feliz
- Ignorar a minha timidez
- Dar menos importância às pessoas que não valem a pena
- Deixar de ser tão querida, tão apegada às coisas
- Comprar uma máquina fotográfica
- Fazer da minha vida um álbum de memórias
- Sorrir não tendo vergonha de fazê-lo
- Arriscar para não perder
- Amar para não odiar
- Pintar o cabelo de ruivo
- Ter unhas maiores
- Comer sem nunca engordar
- Beber álcool sem nunca me embebedar
- Ver o nascer e o pôr-do-sol com alguém especial
- Receber um ramo de flores
- Fazer os meus pais orgulharem-se de mim
- Parar de ser chorona
- Ser morena
- Deixar de ser fria, ou seja melhor circulação
- Ter o cabelo liso
- Comprar um hamster
- Saldos durante todo o ano
- Peixe sem espinhas
- Cebolas que não façam chorar
- Parar de ser tão impulsiva
- Dar o meu melhor em tudo
- Ter força para suportar os maus momentos
- Morrer em paz

Sem comentários:

Enviar um comentário

sente e depois exprime ♡